Sobre


Olá, meu nome é Amanda mas pode me chamar de seremusa! 

Às vezes escrever uma só linha basta para salvar o próprio coração.
Minhas esperanças são carregadas por sonhos e objetivos. As criaturas mágicas que crio em minha mente e que me seguem nas mais audaciosas aventuras da Terra Média me trazem valentia e floresce minha imaginação. Me tornando uma imaginante. Uma imaginante que adora imaginar, que vive no mundo utópico do abismo mais fundo da consciência. A diversão é um conceito relativo. O que é divertido pra mim pode ser esdrúxulo e fastio para você. Sou uma metamorfose ambulante, e encaro a vida adoidado. Cavalheirismo me encanta, assim como as mais pequenas coisas que já não apreciam mais. Prefiro cartas do que mensagens em celular, então caso possível, escreva-me.

NAMASTÊ

"Quem sou eu" é um dos koans mais belos e profundos que existe.

Música e livros são essenciais na minha vida.
Sou da mpb e também do rock.
Sou do romance e ao mesmo tempo da fantasia, sou do verde da mata e da maresia, sou ridiculamente imperfeita e poeticamente sensível, com uma confusão de emoções que torna-se  risível.
Sigo o budismo como uma filosofia, e a poesia pra mim é essencial. Gosto de registrar momentos, de sentir a vibração do som, da vibe de The Smiths e das ondas do mar.
Minha sensibilidade não é sinônimo de fragilidade, e toda essas emoções que me transbordam eu preciso deixa-las fluir. Muitas vezes me considero como um pássaro preso em uma gaiola, que ao invés de ir ser livre e espalhar sua melodia pelos ares colorindo o dia está preso e limitado, alguém o prendeu ali. Mas, no meu caso, eu mesma me prendi.
E eu preciso me libertar.

Isso é só o começo.

Quer saber mais sobre o blog? Clique aqui!

Imagem de beautiful, nature, and tree
Esse corpo não sou eu.
Eu não sou limitado por esse corpo.
Eu sou a vida sem limites.
Eu nunca nasci,
e nunca morrerei.
Veja o oceano e o céu repleto de estrelas; são manifestações de minha verdadeira mente maravilhosa.
Desde antes do início dos tempos eu tenho sido livre.
Nascimento e morte são apenas portas pelas quais passamos, limiares sagrados de nossas jornadas.
Nascimento e morte são apenas brincadeira de esconder
Então ria comigo,
segure minha mão,
e digamos até logo,
digamos até logo, para em breve nos encontrarmos de novo.
Nós nos encontramos hoje.
Nos encontraremos de novo amanhã.
Nos encontraremos na origem de cada momento.
Encontraremos um ao outro em todas as formas de vida.
Thich Nhat Hanh
17 anos | Estudante de TI 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Hey! Me deixa um comentário, pode ser no anonimo.

Retribuo todos os comentários e sigo de volta ^^ Mas deixe seu link no final para que eu possa visitar :D

♥ ♡ ♩♫♭♪♬ (∩˃o˂∩) (≧∇≦) ~ヾ(^∇^) (ノಠ益ಠ)ノ彡┻━┻ ┬──┬ ノ( ゜-゜ノ) ಠ_ಠ ( ̄。 ̄)~zzz ʘ‿ʘ ಥ⌣ಥ (づ。◕‿‿◕。)づ ヽ(゜∇゜)ノ∑(゜Д゜;) (´・ω・`)( ;´Д`)┐(‘~`;)┌ ( ゚д゚) ☜(⌒▽⌒)☞ (ノ◕ヮ◕)ノ*:・゚✧ ( ・_・)ノ⌒●~* ヽ(*´∀`)人(´∀`*)ノ (`・ω・´)9 (;一_一) ( ̄▽ ̄) ( ͡° ͜ʖ ͡°) (◡﹏◡✿) (⊙﹏⊙✿) (◕﹏◕✿) (◕‿◕✿) (◕︿◕✿) (◡‿◡✿) (⊙‿⊙✿) (⊙︿⊙✿) (⊙△⊙✿) (◡△◡✿) (◕△◕✿) (◠△◠✿) (◕ω◕✿) (⊙ω⊙✿) (◡ω◡✿) (◠ω◠✿) (◠︿◠✿) (◠﹏◠✿) (◠‿◠✿) ★~(◡‿◡✿) ★~(◠‿◕✿) (◡△◡✿) (ノ◕ヮ◕)ノ (ノ◕ω◕)ノ ヽ(゜∇゜)ノ (´・ω・`) ∩(︶▽︶)∩ ( ´ ▽ ` )ノ (・∀・ ) ( ̄(エ) ̄) (✪㉨✪)(╹ェ╹)╮(─▽─)╭ (•⊙ω⊙•) ( ´∀`)☆ (≧ω≦) ( ^▽^ ) (✿◠‿◠) (◡‿◡✿) (◕‿◕✿) (≧◡≦) (¬_¬) (◑‿◐) ✖‿✖ (╥_╥) (╯3╰) (¬‿¬)
(∪ ◡ ∪) (≧ω≦) o(≧o≦)o (─‿‿─) (︶︹︺) (∩︵∩) (。◕‿◕。) (~ ̄▽ ̄)~ (︶ω︶)