15/05/2018

?

"Quero cantar como os pássaros cantam, não se preocupar com quem ouve ou o que eles pensam." -Rumi

05/05/2018

a arte existe porque a vida não basta

   //escrito rápido feito no caderno da escola
Sujamos nossas mãos com todas as cores mas depois precisamos tirar os fragmentos da nossa imaginação que se impregnou na carne. A verdadeira arte de nós mesmos está  se renovando por dentro, correndo freneticamente com a energia que nos alimenta. Porém, alguem mais ver isso? As abstrações que se escondem do mundo são tímidas mas preciosas. Quando saímos das prisões e deixamos nosso espirito voar, não há palavras para descrever a sensação que é sentir-se infinito. Vamos juntos manifestar a natureza de nossa arte pelas peculiaridades da vida!

Nos encontraremos na imensidão do prazer que não precisa de regras.
Apenas sinta.

inspiração: depois de manchar minhas mãos com tintas coloridas, me vi refletindo sobre elas enquanto estava no banheiro da escola, deixando a água trazer a mesmice de minhas mãos no momento em que as cores eram levadas para um lugar menos libertário... o colorido foi embora, porém ainda há uma força criativa correndo freneticamente por meus vasos sanguíneos, desconhecidos, misteriosos, mas muito radicais frente á imaginação.

29/04/2018

O ser humano vivencia a si mesmo e seus pensamentos...

"O ser humano vivencia a si mesmo, seus pensamentos como algo separado do resto do Universo - numa espécie de ilusão de ótica de sua consciência. E essa ilusão é uma espécie de prisão que nos restringe a nossos desejos pessoais, conceitos e ao afeto por pessoas mais próximas. Nossa principal tarefa é a de nos livrarmos dessa prisão, ampliando o nosso círculo de compaixão, para que ele abranja todos os seres vivos e toda a natureza em sua beleza. Ninguém conseguirá alcançar completamente esse objetivo, mas lutar pela sua realização já é por si só parte de nossa liberação e o alicerce de nossa segurança interior."
Albert Einstein

11/03/2018

união


Eu sei que nossa imensidão permeia por ecos da eternidade, mas a materialidade e ideias sobre separatividade nos influenciam a enxergar apenas o concreto do mundo. Somos tão singulares e ao mesmo tempo somos unidos ao todo. A centelha divina está em nós, a que faz parte de uma consciência universal. Abra os olhos e enxergue a vida. O mundo respira, o mundo vive. Nós vivemos e transcedemos. Eles nos fizeram superficialmente, mas esqueceram que em nós, ainda habita a voz que desperta a loucura dos normais.

CECILIA MEIRELES - CÂNTICO V
Esse teu corpo é um fardo.
É uma grande montanha abafando-te.
Não te deixando sentir o vento livre
Do Infinito.
Quebra o teu corpo em cavernas
Para dentro de ti rugir
A força livre do ar.
Destrói mais essa prisão de pedra.
Faze-te recepo.
Âmbito.
Espaço.
Amplia-te.
Sê o grande sopro
Que circula…
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...